CROCHÊ

Como enviar um pedido pelo correio

Você sabe como enviar um pedido pelo correio ?
Hoje vou ensinar, como você deve fazer para enviar um pedido pelo correio, vamos ao passo a passo ?

Antes de tudo vou lhes dar uma dica de como embalar, seu pedido ok ?

Quem não ama receber qualquer produto em uma embalagem linda, e se for artesanato então, fica melhor se fosse mais encantador ainda, concorda ?

As artesãs sempre produzem tudo com muito carinho, a confecção da peça é uma junção de técnica e com “Muito Amor envolvido”. Mas sabemos que o processo de produção de uma peça não termina quando a peça está concluída e sim quando ela chegou ao seu destino o cliente.

A logística no processo artesanal,  envolve como em qualquer coisa,  é se organizar, em 3 etapas básicas: confecção da peça, embalagem da peça, envio da peça para o cliente.


Neste processo temos  que  Embalar o Artesanato feito para enviar ao destino final, seja ele pronta entrega, que muitas vezes será comercializado na mesma cidade, ou encomenda que pode ser na mesma cidade ou envio por correios e transportadora.

A embalagem de produtos são importantes , principalmente para conquistar o cliente. Com a embalagem também é feita a fidelização do cliente. Quem não gosta de receber tudo bem lindo e organizado?

No artesanato é importante demonstrar para o cliente que a peça foi bem confeccionada e está bem protegida.

Crie sempre uma logo ( Ele também deve estar presente em qualquer material gráfico produzido pela empresa, como por exemplo: anúncios, banners, faixas, outdoors e folders). Imprima e tenha sempre em mão para usar em seus envios.

A embalagem interna é responsável por duas coisas muito importantes: o diferencial da sua loja e a proteção do seu produto.

Quando falamos de diferencial, é aquele elemento que irá junto com seu produto que irá causar um encanto a mais no seu cliente. Tem artesão que usa essência, dá brindes, coloca docinhos, vales promocionais ou até mesmo um bilhetinho, mostrando que aquela peça foi feita artesanalmente e pensando no cliente o tempo todo. Mas cuidado: todo e qualquer mimo deve estar dentro dos cálculos de preço do seu produto e não deve ser muito grande ou pesado, para não aumentar o valor do frete.

Agora, não adianta nada encher o cliente de carinho se o produto que ele comprou chegar danificado, né? Então analise seu produto e pergunte-se quais precauções você pode tomar para fazer da sua embalagem interna uma proteção para sua peça. Abuse do plástico-bolha, papel de jornal ou revista picado, retalhos de tecido, bolinhas de isopor, espuma… A forma de proteger vai depender do tipo de produto que você vende. Se forem doces artesanais, então, todo cuidado é pouco! Muitas artesãs que trabalham com esse tipo de produto desenvolvem ou compram embalagens próprias para conservar e proteger cupcakes, cookies, chocolates, lembrancinhas e tudo mais!
1. Faça detalhes com fitas, adesivas coloridas (washi  tape) para deixar sua embalagem muito mais linda tanto fora quanto dentro do pacote!
2.Utilizar tags decorativas é uma ótima maneira de deixar sua embalagem muito mais atraente e profissional! Você pode colocar tanto fora da embalagem quanto pendurá-las nos seus produtos. Você encontra diversas tags criativas e personalizadas.

3. Reaproveite embalagens de papelão que você tem em casa, compre em papelarias ou empresas especializadas caixas que tenham tamanho ideal para armazenar seus produtos. Dica: comprar a embalagem dos Correios na hora do envio parece ser prático, mas o valor é muito mais elevado. 😉 Papel pardo também é um grande aliado e ajuda a deixar o pacote mais protegido. É legal também porque dá para esconder marcas e nomes se você estiver reutilizando caixas.

  1. Use papel Pardo, ou papel craft é muito útil para o empacotamento de itens planos, como placas e outros produtos com moldes diferenciados que não seriam bem acomodados em uma caixa de papelão.

Além disso, mesmo para mercadorias que já possuem sua caixa original como aparelhos eletrônicos, o papel pardo é importante para envolver a encomenda e evitar a exposição do conteúdo interno ou do logo da empresa. Isso evita a incidência de furtos e a violação do pacote.
Vamos ao Calculo do frete
O valor do frete é calculado a partir do volume do pacote, do peso e do tipo de frete que você escolher. Com esses dados em mãos, você pode estimar o valor do frete no próprio site do Correio http://www2.correios.com.br/sistemas/precosPrazos/prazos.cfm

Para calcular o peso, use uma balança – pode ser daquelas de cozinha mesmo, pois são baratas e fáceis de encontrar. Lembrando que você apenas estimará o valor do frete. Este poderá variar para mais, ou para menos quando você chegar na agência dos Correios.
Exite 3  principais formas de envio:
• PAC é o serviço de encomenda da linha
econômica para o envio exclusivo de mercadoria.
O serviço de Encomenda PAC possui
cobertura nacional.
• e-SEDEX é o serviço de remessa expressa
de mercadorias adquiridas por meio do
comércio eletrônico.

• SEDEX é o serviço de remessa expressa de
documentos e mercadorias. O serviço SEDEX é
prestado em todo o território nacional.

 

O volume é calculado a partir das dimensões do pacote. Depois de embalado, meça o comprimento, a largura e altura da embalagem, tudo em centímetros.
Especificações Mínimo Máximo
Comprimento (C) de 16 cm á 105 cm
Largura (L)  de 11 cm á 105 cm
Altura (A) de  2 cm á  105 cm
Soma (C+L+A)  de 29 cm á  200 cm
É preciso adequar as medidas da embalagem
de seu produto para que a soma das dimensões
não ultrapasse 200 cm assim como o peso o
máximo permitido. Caso isso ocorra, o frete deverá
ser calculado manualmente pelo vendedor
e o envio não poderá ser feito via Correios.
Os pesos máximos aceitos pelos Correios são:
• E-sedex: 15 kg
• Sedex: 30 kg
• Pac: 30 kg – remessa individual em
âmbito nacional.

No caso de produtos que extrapolam essas medidas, indica-se  formas alternativas de envio como:
entrega em mãos, motoboy ou transportadora.

Se você usa o PagSeguro como meio de pagamento em sua loja, saiba que eles têm uma parceria com os Correios, e oferecem o frete por e-Sedex para quem compra o frete diretamente com eles. Funciona assim: quando o cliente finaliza o pagamento e a transação já aparece em sua conta do PagSeguro, na frente do nome dele terá um botão “Comprar frete”. Você clica ali, digita as dimensões e peso da caixa e clica em “Calcular”. O site automaticamente calcula o valor do e-Sedex, te dá a opção de acrescentar seguro e já te disponibiliza a etiqueta de endereçamento. É super prático e muito mais barato.

A baixo algumas dicas de como embalar peças artesanais para entregar ao cliente:

Objetos frágeis como o vidro
É indicado que com uma folha de jornal ou plástico bolha, você envolva cada objeto individualmente. O plástico bolha e o jornal podem ser encontrados facilmente no comércio. Após o embrulho dos itens, vá colocando os objetos dentro de uma caixa de papelão ou algum material que seja resistente a batidas. Importantíssimo que você não deixe espaços vazios no meio dos objetos. Podendo inclusive colocar isopor ou até espuma nos espaços entre os itens, isso vai proteger contra possíveis colisões no decorrer do caminho. Antes de lacrar a caixa, adicione bolinhas de jornal entre os itens e a tampa, assim você evita a pressão caso outras caixas sejam colocadas por cima da sua. No final embrulhe a caixa com papel liso, lacrando bastante com uma fita adesiva. Coloque uma etiqueta ou um adesivo visível e escreva o endereço completo, aproveite e coloque com letras grandes e legíveis que aquela caixa contém objetos frágeis, alertando o cuidado que talvez possam ter.

Quando a mercadoria não pode ser amassada
Nesse caso, embrulhe o objeto em duas folhas de papel, mas deve ser um papel grosso, tipo kraft ou cartão. Em seguida prenda tudo com uma fita adesiva, mas com muito cuidado, evitando que cole no item. Depois é só colocar dentro de uma caixa de papelão. Faça como já foi ensinado, preenchendo todos os espaços vazios no interior da caixa com isopor, pois ele protege contra impactos. Passe a fita adesiva na caixa e cole o adesivo com seu endereço. Outra opção de envio de objetos que não podem amassar é envia-los dentro de um tubo em forma de prisma. Geralmente são feitos com PVC ou papelão. Basta fixar a etiqueta e pronto, seu papel está seguro e sem amasso.

Objetos dobráveis
Esses objetos podem amassar, são de tecido, como roupas. E Já podem ser empacotados diretamente em caixas. É só empilhar todas as peças e pronto, pode também embalar com um plástico e passe a fita adesiva. Grude o adesivo com o endereço e é só enviar!!

Objetos cortantes
Com esses o cuidado deve ser dobrado, pois ninguém pode se machucar, não é mesmo? Pode ser meio inusitado, mas às vezes você precisa enviar um presente de casamento, como um jogo de facas, ou tesouras, ou qualquer outro tipo de presente pontiagudo. Você deve embrulhar as pontas com plástico bolha. Importante utilizar mais do que o de costume, pois as pontas podem furar o plástico. Enfatize o embrulho das pontas com uma fita adesiva mais grossa. E coloque os objetos dentro de uma caixa de papelão ou madeira. Use o isopor para preencher espaços vazios e lacre a caixa com fita adesiva. Depois é só grudar o adesivo com o endereço e um aviso alertando que ali possui objetos cortantes.

Substâncias liquidificáveis
Os líquidos devem ser embalados fortemente para evitar derramamento. Para isso, deixe a substancia em um recipiente lacrado, como uma garrafa ou pote e reforce com a fita adesiva. Coloque em caixas de papelão e passe a fita adesiva e adicione a etiqueta com o endereço.
Endereçamento

Erro no endereçamento é um dos principais motivos de encomendas que retornam ao remetente. É claro que se o cliente digitou o endereço errado, não tem muito o que você fazer. Mas tem algumas diquinhas que podem fazer toda a diferença e garantir menos encomendas retornando, veja:

  • confira se o CEP tem 8 dígitos. Esse é o formato de CEP para todas as ruas brasileiras.
  • faça dupla conferência na etiqueta de endereçamento. Ou seja, depois de embalar a caixa e colar a etiqueta, confira de novo se está tudo digitado direitinho.
  • Lembre-se de que o endereço normalmente tem nome da rua, número, complemento, bairro, cidade, estado e CEP. Se algum desses dados estiver faltando, entre em contato com o cliente para que ele possa complementar.

Uma outra questão relacionada ao endereçamento é o tamanho da etiqueta em relação à caixa. Lembre-se que, além da sua etiqueta, os Correios ainda vão colar a etiqueta de postagem na parte superior da caixa, por isso não adianta fazer uma etiqueta linda e enorme para a caixa. Se estiver atrapalhando a etiqueta de postagem, é bem possível que os Correios recusem sua embalagem e peçam novo endereçamento.

O ideal é que sua etiqueta ocupe menos da metade da parte superior da caixa, e que seja colada no canto inferior esquerdo (eles costumam colar a etiqueta de postagem no canto superior direito.

Acesse aqui https://support.office.com/pt-br/article/criar-etiquetas-de-endere%C3%A7o-do-remetente-be712991-16dd-4b9e-810e-35b5320c922b e aprenda a fazer sua etiqueta de endereçamento .

 

 

Se esse post foi útil para você, compartilhe com os amigos que também estão começando um negócio e podem ter as mesmas dúvidas. E se você tiver alguma dúvida que não está contemplada no texto é só escrever aqui nos comentários que eu prometo pesquisar e te responder.

Conteúdo Relacionado

Recentes

Você pode gostar também ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *